1ª temporada: Capítulo 29 - Um grande susto!

Oi genteeee! :D Aqui está mais outro capítulo da primeira temporada!!! Ah, falando nela, esse capítulo é o penultimo da primeira temporada. O próximo é o ultimo que eu vou postar junto com a sinopse da segunda temporada ( O marido de uma estrela) :D E aí? Estão animadas?
Ah, pra quem lê Thief of Hearts, eu já estou escrevendo o capítulo 29 e é melhor ficarem ligadas porque vai ter bastante Niley ;D
Obrigada pelos 9 comentários do capítulo passado *-*
Bom,  para um finalzinho de temporada, eu mereço bastante comentáiros, né? Continuem comentando :D
Beijos!!!
Meses depois...

Minha barriguinha de quatro meses já era um pouco visível, e mesmo assim eu não deixei de usar meu vestidinho super lindo, divo e curto para a premier de divulgação do meu CD. Que foi? Estamos falando da Miley Cyrus, aquela que não abre mão de ser sexy nem quando está grávida.

“Vocês já sabem do sexo do bebê?” _ um repórter perguntou.

“Ainda não. Mas daqui a pouquinho iremos descobrir. Agente também está morrendo de ansiedade pra saber.” _ falou Nick todo sorridente ao meu lado.

“Miley, qual foi sua principal inspiração para o cd?”

“Depende de cada música. Eu não criei o cd com apenas uma idéia ou inspiração em só uma coisa. É uma mistura. Mas se está falando das musicas românticas com certeza a minha inspiração foi ele.” _ fitei seus olhos já indicando a quem me referia.

O tempo foi passando e vários repórteres já fizeram entrevistas sempre com as mesmas perguntas: bebê, nossa estranha separação e o cd. Fui pegar algo pra beber na festa e dei de cara com Tom. O que essa praga está fazendo aqui?

“Deu agora para me perseguir?” _ perguntei com indiferença.

“Não. Só estou aqui porque adoro festas mesmo.

Nossa, agora vocês estão tão ridículos que você até engravidou pra parecer que estão juntos mesmo?” _ ela falou debochado.

“Você sabe muito bem que não é verdade.”

“Eu sei.” _ ele falou rindo._ “Pra ele largar a deliciosa da Aurora só pra não deixar você na mão por um acordo seria uma grande idiotice né?”

“Quem bom que está ciente disso. Agora me dá licença.” _ falei saindo de
perto dele.

“Mas você deve saber que ele ta com você só porque já sabia que
você estava grávida né?” _ Tom falou. Parei de andar e me virei pra ele
novamente.

“Ele não sabia quando ele voltou comigo. Só contei depois.” _
cruzei os braços. _ “Quer saber Tom? Por que não vai cuidar da sua vida inútil em vez da minha? Não tem nada pra fazer não?”

“Por isso mesmo, Miley. Conheço os homens, sou um deles. É claro que ele foi falar com você para ‘voltar’.” _ fez aspas com os dedos. _ “Ele deve ter descoberto que você gostava dele e por pena foi ver você. Aposto que vocês transaram e depois você deve ter contado pra ele que estava grávida e o coitado teve que assumir a criança e pra não magoar você e deve ter dito um monte de coisa melosa.”

“Cala a boca, Tom. Você não sabe de nada de nós dois e nem deve saber.” _ falei já me alterando.

“Eu só estou te avisando, Miley. Você é ingênua demais. Pensa que tudo é bonito e por amor, mas não é. Vocês são muito novos pra serem pais. Esse bebê é um fardo que vocês vão ter que carregar, você acha que ele está todo feliz com isso?” _ A ira já tomava conta de todo o meu corpo. Como uma simples pessoa pode me tirar do sério daquele jeito?

“Nunca mais diga uma coisa dessas do meu filho.” _ o empurrei com toda a minha força descontando a raiva que eu sentia. _ “Seu imprestável!” _ gritei. Por sorte o lugar estava com muito barulho por causa da musica e das pessoas e quase ninguém prestou atenção.

“Eu hein, Miley. Você é muito estressadinha. Você precisa fazer ioga, eu faço e olha como eu sou calminho.” _ o idiota sabia perfeitamente que a sua ironia e deboche me fazia pirar de raiva. Mas logo minha atenção se desviou para uma estranha dor. Meu medo aumentou bruscamente ao lembrar do bebê.

Pousei minha mão na barriga desejando que essa sensação passasse logo. _ “O que houve Miley?” _ Tom perguntou preocupado quando percebeu minha expressão de dor.

“Chama o Nick. Rápido!” _ falei nervosa. Agora meu nervosismo não era por causa do meu ex e sim por causa do perigo que meu filho estava correndo. Ele saiu correndo à procura do meu marido. Tom não é uma flor que se cheire, mas eu sei que ele não queria que isso acontecesse. Percebi fio de sangue escorreu pela minha perna. Algumas lágrimas escaparam de meus olhos, lágrimas de desespero.

Fechei os olhos tentando não pensar no pior. “O que está acontecendo Miley?” _ Nick chegou ofegante e visivelmente preocupado.

“Está doendo.” _ falei com a voz falha tentando segurar o choro. Ele rapidamente me carregou no colo saindo pelos fundos para que não haja movimento demais erguntando o que estava acontecendo. Foi até o estacionamento e me deixou na no banco de trás.

“Vai dar tudo certo, tá?” _ ele tentava me acalmar, mas dava pra ver em seus olhos que estava desesperado.

“Aham.” _ logo ele entrou no carro e deu partida. Os pneus cantaram antes de sair tamanha a velocidade em que Nick acelerou.

“Ta sangrando muito?”_ falou revesando o olhar pra a pista e para o retrovisor revelando meu reflexo.

“Não, já parou de sangrar. Mas ainda está doendo um pouco.”

“Agente já está chegando, fica calma, ta?” _ Vi pelo retrovisor Nick limpar rapidamente uma lágrima que escapuliu de seu olho com a costa da mão. Ele tentava parecer o mais calmo possível para não me deixar mais aflita, mas não conseguia. Seu desespero era todo descontado no acelerador do carro que corria numa velocidade assustadoramente perigosa. Tentava respirar fundo para me acalmar. Só espero que tudo fique bem.

–---x----

 “Fiquem tranqüilos. O bebê está bem. Graças a Deus ele ou ela
não sofreu nenhuma seqüela, pelo que eu pude examinar. _ o médico falou sorridente._ São raras as situações em que o nenê sobrevive.Vocês tiveram muita sorte. _ suspiramos aliviados com a boa notícia.

“Mas por que isso aconteceu? Miley tem alguma coisa?” _ Nicholas perguntou se sentando numa poltrona ao lado da minha cama.

“Não, ela está saudável também. Talvez foi causado por esforço excessivo. Geralmente isso acontece com atividades físicas sem acompanhamento médico, carregamento de peso ou até mesmo aborrecimento muito grande. Mas fiquem calmos pois só foi um susto.” _ Senti o olhar de Nick me reprovando. Ok, talvez eu exagerei um pouco na ginástica, mas eu não sabia que daria nisso, e também isso tudo foi provocado pela minha briga com o Tom. _ “Mas recomendo que fique de repouso por uma semana, só pra garantir. Sem esforços, hein! Amanhã você estará liberada pra ir para casa, hoje vai pernoitar aqui no hospital. Boa noite para vocês. Felicidades para os três.

“Obrigada.” _ agradeci e em seguida o médico saiu do quarto nos deixando a sós. Pela expressão dele eu já podia perceber que teria muito sermão por vir. _ “Não briga comigo, vai. Você acha que se eu soubesse que isso iria acontecer, eu brigaria com o Tom? E, aliás, ele que provocou!”

“Não é só isso Miley. Você não se cuidou. Sempre querendo ficar com um corpo legal pra depois de grávida não ficar gorda, fazendo ginástica toda hora. Sabia que isso pode ter colaborado? E por que quis se meter com Tom? Você sabe que ele vai falar besteira e fica perdendo tempo com ele!” _ sua expressão séria me fez ter medo de me pronunciar. Além do mais, eu também estava errada. _ “Isso não é um brinquedo.” _ apontou pra minha barriga._ “É uma vida frágil, e é nosso filho! O que você tem na cabeça, hein?”

“Você falou que ia me ajudar nisso tudo!”

 “E estou ajudando.”

“Então pára de me dar sermão! Eu sei que fui errada, mas não tive noção que isso iria acontecer. Eu já aprendi a lição,ta? Por favor, não briga mais comigo.” _ sua feição de seriedade suavizou.

“Ok. Não quero que você se estresse de novo. Mas espero que tome
jeito de uma vez.” _ ele falou fazendo carinho em meus cabelos. Seu olhar agora apaixonado penetrava em meus olhos. _ “Desculpa ter brigado com você, mas eu pensei no pior e fiquei apavorado.”

“Eu também.” _ falei apreciando seu rosto tão lindo.

“Eu te amo.” _ a frase saiu facilmente de sua boca. Na hora tinha me lembrado do que o Tom me disse.

“Por que você me ama?” _ na verdade, essa pergunta era para continuar na minha mente, mas eu pensei alto demais. Seu semblante se tornou confuso.

“Como assim ‘por que eu te amo’? Eu não sei explicar os sentimentos, Miley.”

“Mas me dê alguns motivos que você percebeu que me amava.” _ insisti.

“Por que esse interrogatório todo?” _ perguntou ainda não entendendo nada.

“Só quero saber.” “Bom, percebi quando eu lembrei o quanto ficava hipnotizado no azul dos seus olhos, que me sentia bem perto você. Mesmo agente se metendo em confusões, você me fazia rir e esquecer completamente da Aurora, e quando eu me perdia em seu sorriso, sua voz doce, seu cheiro, seus abraços, o beijo... Enfim, você e esse seu jeito de ser me fez falta lá em Londres. Era como alguma coisa faltava pra completar minha felicidade. E acabei descobrindo que era você.” _ meu sorriso se abriu largamente ao ouvir isso. Eu sei que não teria que duvidar dele, mas a me deixou curiosa. E me ele me deixou extremamente feliz. Se eu ouvisse isso a meses atrás, aposto que daria um fora nele e falaria que estaria mentindo e que foi a coisa mais boba e a cafona que já tivesse ouvido. Mas agora eu sou uma boba cafona mesmo, então adorei!

10 comentários:

  1. Quem diria heim eu uma fã jemi
    ser a primeira a comentar em uma fic totalmente niley,acontece que uma pessoinha que e fofa e lety me viciou em niley tbm.
    Amei o cap,fofos demais esses dois.
    Tom safado sem vergonha,vai chupar um prego até virar parafuso,aaaaaaaaa ódio dele heim.kkkk
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala assim não, senão ficou mal acostumada u.u kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk *-*

      Chupar prego? Essa é nova! hahaha Adorei! O Tom merece tomar na testa u.u

      Obrigada pelo comentário, espero que goste do último capítulo!
      Beijos!!!

      Excluir
  2. Awwn, q lindo, postaa looogooooo
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, linda!!! *-*
      Já postei o capítulo final! Espero que goste :D
      Beijos

      Excluir
  3. Achei que tu ia matar o bebê deles, nãããoooo !
    Mas ufa, deu tudo certo kkkkk
    Awn, Nick nem falou muito, mas já dá pra derreter o coração hahah *-*
    Posta logo
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que não! Eu nunca faria isso com o bb Niley *-* O Nick sempre é fofo, né? S2

      Obrigada pelo comentário!Espero que goste do capítulo final.

      Beijos!

      Excluir
  4. Esta perfeito!!
    Nick como sempre é muito fofo.
    Eu fiquei extremamente preocupada com a Miley e o baby. Mas ainda bem q esta tudo bem.
    Adorei as coisas q o Nick disse a Miley. E o Tom é um idiota.
    Posta logooo!!
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigaaada *-*
      Eu sei, é realmente preocupante, mas eu não ia deixar acontecer alguma coisa de ruim com o baby Niley...
      Obrigada pelo comentário, espero que goste do capítulo final.
      Beijos!

      Excluir
  5. perfeitooooo
    own o nick é to fofo *-*
    posta logooo
    kiss and bye

    ResponderExcluir
  6. Como sempre um amor, né?
    Obrigada pelo comentário e espero que goste do capítulo final!
    Beijos

    ResponderExcluir